Metalúrgicos denunciam: Temer vai mexer nos direitos trabalhistas

O Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba fez um vídeo ironizando a proposta do vice-presidente Michel Temer,que mexeria na fórmula de  reajuste do salário mínimo e na previdência social (homens e mulheres se aposentariam no mesmo prazo).
A ponte para o futuro do peemedebista virou “A ponte para o inferno” e alerta sobre a retirada de direito dos trabalhadores.

Compartilhe este post em

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *