Vantagem: antecipação da 1ª parcela do 13º salário deve ser feita em janeiro

13º-salário-Imposto-de-RendaO trabalhador com carteira assinada que pretende antecipar o recebimento do 13º salário ao sair de férias em 2017 tem até o final deste mês para pedir o adiantamento ao empregador. A legislação trabalhista estabelece que o 13º salário deve ser pago em duas parcelas: metade entre fevereiro e novembro de cada ano e a segunda até dia 20 de dezembro.
Embora diversas empresas adotem a política de conceder o adiantamento independente da data da solicitação, por lei o empregador é obrigado a pagar a antecipação da primeira parcela junto com as férias sempre que o funcionário fizer o pedido no mês de janeiro do correspondente ano.

REGRAS – O pedido tem que ser requerido pelo empregado ao empregador dentro do mês de janeiro, de acordo com o decreto 57.155/65, não deve ser feito depois”, orienta Silvinei Toffanin, diretor da Direto Contabilidade, Gestão e Consultoria.
Vale ressalvar, entretanto, que alguns acordos coletivos de trabalho permitem regras mais favoráveis ao trabalhador.
Em tempos de crise econômica e orçamento mais apertado, a antecipação da 1ª parcela pode representar um alívio ou uma grana extra para honrar pagamento das despesas extras de início do ano seguinte.
A ideia do benefício é que o trabalhador possa utilizá-lo para incrementar o orçamento, para as viagens e pagamento de despesas de início do ano seguinte, mas é cada vez mais comum o assalariado se valer do recurso para quitar dívidas, pagar as contas ou até mesmo para buscar um rendimento maior para o dinheiro, uma vez que se aguardar para receber somente em novembro a parcela será recebida sem qualquer correção.

Compartilhe este post em

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *