Quanto os autônomos e MEIs vão pagar de contribuição ao INSS em 2021?

As pessoas que contribuem de forma individual ou facultativa para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), tais como os trabalhadores autônomos, microempreendedores individuais e donos(a) de casa, terão os valores das contribuições reajustados. Isso acontece por conta do aumento do salário mínimo em 2021.

A contribuição dá, aos trabalhadores, direito aos benefícios previdenciários como aposentadoria, auxílio-doença e pensão por morte. O valor da taxa varia de acordo com cada categoria de contribuinte.

A tabela abaixo mostra os valores reajustados das contribuições para as principais categorias de contribuintes autônomos do INSS e os códigos de pagamento, bem como a taxa para os microempreendedores individuais (MEIs).

Valores para os Contribuintes Individuais:

Veja quanto os autônomos e MEIs vão pagar de contribuição ao INSS em 2021

Valores para os Contribuintes Facultativos:

Veja quanto os autônomos e MEIs vão pagar de contribuição ao INSS em 2021

E o Reajuste dos MEIs?

A contribuição dos microempreendedores individuais (MEIs) tem a base estruturada no valor de 5% do salário mínimo, ou seja R$55,00. Se o trabalhador desenvolver atividades de comércio e indústria soma-se mais R$1,00 de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Por outro lado, caso o empreendedor for prestador de serviço soma-se R$5,00 de ISS (Imposto Sobre Serviços). A guia DAS – forma de pagamento da categoria – do mês de janeiro, já com o reajuste, tem o vencimento para datado para o dia 22 de fevereiro. Quer se manter informado com as principais notícias no mundo do direito previdenciário? Então, não deixe de acessar o site do Previdenciarista! Disponível em: https://previdenciarista.com/blog/quanto-os-autonomos-e-meis-pagarao-de-contribuicao-ao-inss-em-2021/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial